NOTICIAS AO MINUTO đŸ”” Notas do VitĂłria SC-FC Porto: PepĂȘ teve cabeça para ‘engatilhar’ o Jamor – Shango Media
Football-FRONT-PTFootball-URGENT-PT

NOTICIAS AO MINUTO đŸ”” Notas do VitĂłria SC-FC Porto: PepĂȘ teve cabeça para ‘engatilhar’ o Jamor

Foi na cabeça de PepĂȘ que esteve a solução para colocar para trĂĄs das costas a desilusĂŁo na Amoreira. O FC Porto saiu de GuimarĂŁes, na noite de quarta-feira, com uma vantagem mĂ­nima na meia-final da Taça de Portugal. O resultado deixa os portistas com um pĂ© no Jamor, mas tambĂ©m Ă© perigoso para o duelo da segunda mĂŁo no EstĂĄdio do DragĂŁo.

Se o brasileiro ficou bem na fotografia com o desvio certeiro para o golo, quem acabou por ficar mal foi Bruno Varela. Para o internacional canarinho sorrir no final do encontro, o portuguĂȘs ‘meteu’ ĂĄgua no lance do minuto 52. Ainda que tenha ‘borrado’ a pintura neste lance, o capitĂŁo dos minhotos teve uma exibição de excelĂȘncia, que atĂ© acabou elogiada por SĂ©rgio Conceição, que manteve os vimaranenses ainda com o sonho do Jamor bem aceso.

Em desvantagem na partida, o VitĂłria SC apresentou mais argumentos ofensivos do que o FC Porto, que se mostrou algo cansado nesta segunda parte, mas sem conseguir fazer estragos na baliza de ClĂĄudio Ramos.

Dentro de 13 dias, e com uma ida do VitĂłria SC ao EstĂĄdio do DragĂŁo para a 28.ÂȘ jornada da I Liga, decide-se quem irĂĄ fazer companhia ao Sporting na final da Taça de Portugal. Para jĂĄ, o FC Porto tem ‘engatilhado’ o regresso ao Jamor para tentar revalidar o tĂ­tulo alcançado na temporada passada Sporting de Braga.

Mas vamos Ă s notas desta partida:

Figura

PepĂȘ foi mĂ©dio, avançado e lateral na partida em GuimarĂŁes e ainda foi a tempo de marcar o golo que deixa o FC Porto mais perto do Jamor. Com uma ‘ajuda’ imprevista de Bruno Varela, o brasileiro mostrou o caminho rumo Ă  final da Taça.

Surpresa

Nico GonzĂĄlez foi o outro construtor da vitĂłria do FC Porto em GuimarĂŁes. Ainda que nĂŁo tinha tido muito espaço, o espanhol aproveitou a primeira ‘nesga’ que encontrou para fazer a diferença. O mĂ©dio tirou o cruzamento certeiro para o Ășnico golo do jogo.

DesilusĂŁo

NĂ©lson Oliveira foi o elemento a menos do lado do VitĂłria SC. Talvez tenha sido prejudicado pela falta de clarividĂȘncia ofensiva dos minhotos, mas um avançado experiente como Ă© o internacional portuguĂȘs podia ter apresentado uma melhor exibição.

Treinadores

Álvaro Pacheco:

ApĂłs uma primeira parte em que saĂ­ram para o intervalo sem remates enquadrados na baliza de ClĂĄudio Ramos, os minhotos, assim como os dragĂ”es, mostraram outra face na segunda parte. O golo de PepĂȘ a abrir a etapa complementar ‘estragou’ os plano da equipa da casa. Os vimaranenses tiveram mais argumentos ofensivos nos segundos 45 minutos, mas nĂŁo foram capazes de desfeitear ClĂĄudio Ramos.

Sérgio Conceição:

O golo de PepĂȘ caiu que nem uma luva ao FC Porto. Se, depois de uma primeira parte muito equilibrada, se previa o mesmo equilĂ­brio para o segundo tempo, a verdade Ă© que o golo do brasileiro surgiu numa altura em que ‘matou’ quaisquer que fosses os planos do VitĂłria SC. AtĂ© ao apito final de Nuno Almeida, os dragĂ”es pouco fizeram para aumentar a vantagem, exceptuando duas tentativas jĂĄ em tempo de descontos.

Arbitragem

Nuno Almeida começou a partida com o ‘pĂ© esquerdo’ depois de demorar uma eternidade a interromper o encontro, apĂłs o choque de cabeças entre Jorge SĂĄnchez e Ricardo Mangas. AlĂ©m disso, ficam algumas dĂșvidas em decisĂ”es que tomou ao longo do encontro.

Leia TambĂ©m: Entre cabeçadas e toucas, ‘frango’ coloca FC Porto com um pĂ© no Jamor

Partilhe a notĂ­cia

Bouton retour en haut de la page
Fermer