MAIS FUTEBOL ūüĒĶ Jo√£o Sousa j√° √© um ¬ęjogador reformado¬Ľ, mas tamb√©m ¬ęrealizado¬Ľ | MAISFUTEBOL – Shango Media
Football-FRONT-PTFootball-URGENT-PT

MAIS FUTEBOL ūüĒĶ Jo√£o Sousa j√° √© um ¬ęjogador reformado¬Ľ, mas tamb√©m ¬ęrealizado¬Ľ | MAISFUTEBOL


Jo√£o Sousa j√° √© um ¬ęjogador reformado¬Ľ, mas tamb√©m ¬ęrealizado¬Ľ | MAISFUTEBOL



































Melhor jogador português de todos os tempos terminou a carreira esta quarta-feira no Estoril Open

RG

Jo√£o Sousa no √ļltimo jogo da carreira em singulares (TIAGO PETINGA/LUSA)

Melhor jogador português de todos os tempos terminou a carreira esta quarta-feira no Estoril Open

RG

Jo√£o Sousa iniciou a sua vida de ¬ęjogador reformado¬Ľ sem quaisquer planos para o futuro, mas realizado com a carreira que terminou esta quarta-feira no Estoril Open da qual se despede de ¬ęconsci√™ncia tranquila¬Ľ.

¬ęDe jogador reformado, √© isso?¬Ľ, brincou o melhor tenista portugu√™s de sempre ao ser questionado como se sentia na sua nova condi√ß√£o, antes de prosseguir: ¬ę√Č especial¬Ľ.

¬ęHoje √© um dia especial pelo momento, obviamente, n√£o pela derrota, mas tamb√©m era um bocadinho expect√°vel. Acho que, apesar de n√£o estar nas melhores condi√ß√Ķes f√≠sicas, dei tudo nos √ļltimos tempos para estar a cem por cento aqui. E, apesar de tudo, acho que n√£o fiz um mau encontro. Acho que √© muito m√©rito do Arthur [Fils], que acho que fez um excelente encontro¬Ľ, avaliou o portugu√™s, referindo-se √† derrota por 7-5 e 6-4 diante do franc√™s, na primeira ronda do Estoril Open.

Sousa assumiu que só percebeu que estava perto do fim quando enfrentou o match point, ou mais precisamente nesse derradeiro jogo, quando olhou para a sua box e viu as pessoas que o acompanhavam, nomeadamente o treinador Frederico Marques, emocionadas.

¬ęFoi a√≠ que percebi que o fim estava pr√≥ximo. √Č o que √©¬Ľ, pontuou.

Na sala de imprensa, o vimaranense de 35 anos confessou, visivelmente descontra√≠do, que eram muitas as mem√≥rias que, naquele momento, lhe passavam pela cabe√ßa, dos ¬ęmuitos momentos¬Ľ passados no Clube de T√©nis do Estoril, onde se sagrou campe√£o em 2018.

¬ęN√£o √© um momento de tristeza, √© um momento de alegria, porque acho que, independentemente de tudo, sempre dei o meu melhor. Estou de consci√™ncia tranquila. As pessoas, √†s vezes, perguntam-me acerca disso. Eu estou de consci√™ncia tranquila. Dei o meu melhor sempre para ser melhor jogador, para tentar alcan√ßar os meus objetivos. E, como digo, independentemente da derrota, obviamente gostaria de ter dado vit√≥rias aos portugueses, mas n√£o foi poss√≠vel. E, portanto, tenho que aceitar isso com naturalidade¬Ľ, disse.

O melhor tenista portugu√™s de sempre recordou os ¬ęmuitos anos de desgaste, n√£o s√≥ f√≠sico, mas tamb√©m mental¬Ľ, al√©m dos muitos momentos duros que viveu numa modalidade que √© uma ¬ęforma de viver¬Ľ.

¬ęN√£o √© um desporto. N√≥s temos que viver o t√©nis. E foram muitos anos dedicados a isso, √† alta competi√ß√£o, ao t√©nis, a querer ser melhor. E, portanto, segue-se um per√≠odo de reflex√£o bastante profunda, de tentar descansar tamb√©m desta alta roda e da competi√ß√£o, que acho que √© importante. Mas acredito que outros cap√≠tulos vir√£o, certamente relacionados com o t√©nis¬Ľ, comentou.

Um deles pode passar por vir a ser selecionador de Portugal, uma hip√≥tese sobre a qual ainda n√£o tinha pensado, mas que pareceu agradar-lhe. ¬ęBoa pergunta. Primeiro de tudo, j√° temos um capit√£o [Rui Machado] e acho que tem feito um excelente trabalho. E eu, futuramente, sim, eu acho que seria algo que eu poderia fazer, por que n√£o? A Ta√ßa Davis √© uma competi√ß√£o que me diz muito [‚Ķ]. Sempre que fui convocado, nunca falhei uma √ļnica eliminat√≥ria da Ta√ßa Davis e realmente sinto que n√£o existe maior honra do que representar o nosso pa√≠s na maior das competi√ß√Ķes que existe a n√≠vel de pa√≠ses e vivi muito intensamente a Ta√ßa Davis¬Ľ, lembrou.

Recordista de internaliza√ß√Ķes (33) por Portugal, Sousa, que acabou muitas delas ¬ędestru√≠do¬Ľ, concedeu que, para si, seria um bom plano de futuro. ¬ęSe eu for convidado a faz√™-lo, acredito que seria uma boa op√ß√£o. N√£o sei se seria uma boa op√ß√£o, mas, pelo menos, para mim, faria sentido¬Ľ, disparou, provocando risos na sala.

J√° com a carreira encerrada e com a perspetiva de passar uma quinta-feira ¬ędesligado¬Ľ finalmente do t√©nis ‚Äď ¬ęO Frederico [Marques] queria que eu treinasse √†s 10h00 da manh√£, mas isso n√£o vai acontecer¬Ľ -, na companhia das pessoas que sempre o acompanharam, o agora retirado tenista portugu√™s resumiu o seu sentimento: ¬ęEu n√£o diria aliviado, eu diria realizado¬Ľ.

¬ęA palavra √© um bocadinho mais adequada a esse momento. Acho que √© realizado. Sinto-me realizado. O t√©nis √© um desporto muito exigente. A competi√ß√£o todas as semanas, aquele nervosismo miudinho antes da competi√ß√£o. √Č dif√≠cil de gerir. E saber que n√£o o vou ter, n√£o sei se vou sentir falta disso ou n√£o, mas, neste momento, tamb√©m me senti aliviado¬Ľ, admitiu ainda.


V√ćDEO MAIS VISTO

NOT√ćCIAS MAIS LIDAS

V√ćDEOS MAIS VISTOS

MAISFUTEBOL COPYRIGHT © 2024 IOL.PT


Bouton retour en haut de la page
Fermer